domingo, 10 de março de 2013

TENHO AMIGOS SIM, E DE QUE QUALIDADE!


TENHO AMIGOS SIM, GRAÇAS! E TENTO SER UMA PESSOA "LIMPA" DE ALMA, ISSO ME PARECE MAIS IMPORTANTE QUE QUALQUER OUTRA LIMPEZA
[Mas descobri que a minha transparência, postura e limpeza vem incomodando um pouco a uma minoria mal amada!]

Tenho amigos sim! Honestos, fiéis, irmãos 'quase', talvez nem 'quase', pois o sangue que corre nas veias humanas é igual em tonalidade, muda a tipologia, não o conteúdo. E estes amigos/irmãos são todos sinceramente comprometidos com a verdade, e me rejubilo por cada um deles em minha vida... Somando, amparando, alegrando meus dias noturnos [paradoxo? Não! É que existem dias escuros como a mais escura madrugada].
Tento, me esforçando na medida máxima, devolver o carinho, o conforto e os sorrisos em igual medida e os reverencio a cada segundo. Não citarei nomes, pois são tantos que posso, sem querer, deixar algum de fora. Mas quem ler este texto saberá o quanto cabe aqui, ou não.
Meus amigos não foram achados, encontrados, feitos, foram "reconhecidos" no decorrer da vida, pois me acompanham em muitas. E eles tem o mesmo júbilo que eu em me contar entre seus amigos, sabem o peso e o comprometimento desta palavra.
Eles fazem parte das minhas preces, tanto quantos os que se orgulham de dizer que não gostam de mim e tentam levar mais gente na corrente fazendo intriguinhas meio debilóides, quase infantis... Será que este segundo grupo não entende que existe gente que ainda não se emprenha pelo ouvido?
Estes, os que caluniam e usam seu tempo na fofocagem e deboche, se, num assomo de hipocrisia, disserem que são meus amigos, me ofenderão mortalmente
Mas, como nem tudo é lodo e madrugada feia e escura, ainda existem dias de sol brando, tardes de arco-íris e noites de lua cheia, muita gente [olha que usei a palavra gente, pra mim bem mais forte que "ser humano" ou "pessoa"] gosta de mim sim!
Olhares e corações não conseguem disfarçar o sentimento.
Só os hipócritas pensam que conseguem, mas fazem uma espécie de engano em causa própria, são eles os enganados o tempo todo. Chega a hora em que as máscaras caem. Mas, antes mesmo delas cairem, eles são tão execrados e caluniados pelas costas, quanto caluniam os outros. Até quem os ajuda na maledicência, sai dali espalhando veneno contra eles, numa louca roda que não acaba nunca para os infelizes que sobem neste círculo endoidado.
Vampirizam e são vampirizados.
Dói em pessoas do bem saber que muitos destes tiveram sempre oportunidades de atravessar pro lado da Luz. Alguns inclusive usam o disfarce de alguma religião, frequentam templos, conspurcando o Sagrado Nome do Criador.
"Quem leva calúnias e maledicência para alguém, informações, fofocas, também tem outros amigos, e leva, no mesmo teor, notícias fresquinhas, verdadeiras ou não, deste alguém para a sua outra corriola." E este é o risco que corre o maledicente...
Mas, como diz o velho ditado: "Quem está na chuva é pra se molhar"
Eu, felizmente, uso capa e guarda-chuva.
E tento não ser melhor nem pior que ninguém, apenas fazer o meu comum da maneira mais justa possível, rezando na cartilha que diz sobre o: -- "Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo".
Respeitando estas duas orientações facinhas de serem cumpridas a vida se torna fardo menos pesado, mesmo quando nem tudo na vida da gente cheira bem como algumas flores, porque para narizes sensíveis algumas pessoas, que se pensam belas por fora, fedem no interior de se sentir longe!
E aqui encerro este assunto que nem doeu... Vindo de onde veio nem poderia doer, mas deixou um profundo sentimento de pena misturado a nojo.

Bitokitas de Luz aos Amigos que sei que são muitos e iluminados, agradeço a Deus por cada um deles!
E meus votos de que a minoria [de um ou dois, talvez três, quem sabe ao certo?] ainda tenha tempo, nesta vida, de passar pro lado da Luz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário